Nenhum resultado encontrado.

Análise de Sensibilidade

Tenha acesso ilimitado

Acesso a cursos, guias, artigos e vídeos. Sem pontuação CRC.

R$50

/mês

Começar Também preciso de pontos CRC
01/01/2017
Eric Barreto
Partner e Prof. do Insper

Um outro critério interessante para a medição de efetividade, e é um teste prospectivo, é o teste de análise de sensibilidade. Este teste guarda uma relação bastante próxima com a instrução 475 da CVM. Este teste faz basicamente o quê? A gente cria cenários alternativos, no caso da instrução 475, são três cenários, como tem no material de vocês uma ilustração, um exemplo de análise de sensibilidade publicada pela empresa Petrobrás, onde a gente vê três cenários. Um cenário provável, cenário que a própria instituição defende como um cenário que provavelmente vai acontecer, um cenário com desvio de 25%, e um cenário com um stress* muito maior, que é um desvio de 50%.

Se a gente estiver falando de derivativo de dólar, por exemplo, essas variações seriam, em um cenário provável, o dólar que a entidade entende que realmente vai acontecer no próximo exercício. Se, para os outros dois cenários, esse desvio de 25% dedesvio de 50%, seria 25% ou 50% para aquela direção que a entidade tem algum tipo de perda. Dólar vai variar 25% em relação para a direção em que a entidade tem algum tipo de perda, ou 50% na direção que aquela entidade tem algum tipo de perda. Nestes cenários, o que a gente vai fazer, nessa análise de sensibilidade?

Para cada um dos cenários, a gente vai projetar a variação do valor justo do instrumento de hedge e a variação do valor justo do item protegido. Espera-se que a efetividade seja alta em todos os cenários. Para você usar esse critério, pelo IFRS, não tem essa de 25% e 50% de variação, para o IFRS ou para o CPC 48, a própria entidade vai determinar o que são esses cenários, quais são as variações em cada cenário. Mas, se você já faz isso para a instrução 475 da CVM, é legal até aproveitar esses cenários. Teste de efetividade usando este critério de análise de sensibilidade, eu acredito que é um critério bastante interessante para ser usado de forma prospectiva, porque a gente não está olhando para este único cenário, a gente está olhando para múltiplos cenários. A efetividade não é medida em uma única situação, pode ser até ponderada se a gente chega a números diferentes em cada um dos cenários. Vamos, no próximo vídeo, falar de um outro critério de efetividade.

Relacionados