Cursos Online
Cursos Presenciais
Artigos

Demonstração do Valor Adicionado - Casos práticos de DVA

Alexandre Gonzales
Alexandre Gonzales
21/09/2020

As DVAs apresentadas abaixo permitem a identificação da distribuição da riqueza gerada por cada empresa. São apresentadas demonstrações de empresas de segmentos distintos, que possuem características distintas. Ao final é apresentada uma tabela resumindo as informações das DVAs para que possamos realizar uma comparação com base nos dados consolidados de 2016.

Alpargatas 2019

Demonstração do valor adicionado Alpargatas
Fonte

Resumo em milhares de Reais (consolidado, 2019):

Riqueza gerada $ 2.246.739 100%
Destinações:    
   Pessoal $ 912.625 40,6%
   Governo $ 890.514 39,6%
   Terceiros $ 184.265 8,2%
   Remuneração Cap. Próprio $ 259.335 11,6%

Cyrela 2019

Demonstração do valor adicionado Cyrela
Fonte

Resumo em milhares de Reais (consolidado, 2019):

Riqueza gerada $ 1.102.471 100%
Destinações:    
   Pessoal $ 230.158 20,9%
   Governo $ 188.068 17,0%
   Terceiros $ 149.929 13,6%
   Remuneração Cap. Próprio $ 534.316 48,5%

Estácio 2019

Demonstração do valor adicionado Estácio
Fonte

Resumo em milhares de Reais (consolidado, 2019):

Riqueza gerada $ 2.430.453 100%
Destinações:    
   Pessoal $1.053.980 43,4%
   Governo $ 371.493 15,3%
   Terceiros $ 358.840 14,8%
   Remuneração Cap. Próprio $ 646.140 26,5%

Renner 2019

Demonstração do valor adicionado Renner
Fonte

Resumo em milhares de Reais (consolidado, 2019):

Riqueza gerada $ 5.229.192 100%
Destinações:    
   Pessoal $ 1.090.121 20,9%
   Governo $ 2.379.811 45,5%
   Terceiros $ 739.124 14,1%
   Remuneração Cap. Próprio $ 1.020.136 19,5%

Unidas 2019

Demonstração do valor adicionado Unidas
Fonte

Resumo em milhares de Reais (consolidado, 2019):

Riqueza gerada $ 923.181 100%
Destinações:    
   Pessoal $ 154.904 16,8%
   Governo $ 333.480 36,1%
   Terceiros $ 257.837 27,9%
   Remuneração Cap. Próprio $ 176.960 19,2%

A riqueza gerada e a sua distribuição em cada um dos exemplos apresentados, em valores relativos:

Riqueza gerada

É interessante notar como as distribuições da riqueza são diferentes de uma empresa para outra, parte em função do segmento a que a empresa pertence, e parte em função da realidade de cada uma.

Na destinação ao governo, por exemplo, vemos a parte da riqueza que é suportada pelas empresas a título de tributos. É algo muito próximo à carga tributária individual de cada uma. E para podermos comparar, abaixo dados recentes sobre a carga tributária do Brasil:

Carga tributária bruta 2017 e 2018

É possível perceber que cada empresa possui sua carga tributária, que pode inclusive variar ao longo do tempo.

É possível realizar uma série de comparações e análises com base nas informações da DVA, com outras empresas, e com a mesma empresa em outros períodos.

Exemplo 3

Elaborar a Demonstração do Valor Adicionado com base nas demonstrações contábeis apresentadas e nas informações adicionais fornecidas.

Operações durante o exercício:

  • a) Aquisição a prazo de matéria-prima no valor total de R$ 1.100.000,00. Nessa compra há 10% de IPI e sua base de cálculo foi de R$ 1.000.000,00. Sobre essa mesma base incidiu ICMS de 18%;
  • b) Despesas com pessoal administrativo R$ 40.000,00. Deste valor, R$ 2.500 referem-se a FGTS e R$ 12.000,00 a despesa de INSS;
  • c) Gastos com mão-de-obra do pessoal ligado à produção no valor de R$ 50.000,00. Incluídos nesse valor R$ 3.300,00 de FGTS e R$ 10.500,00 de INSS;
  • d) Venda a prazo de metade dos produtos que estavam no estoque, pelo valor total de R$ 1.430.000,00. A empresa é industrial, incidindo IPI sobre sua venda. A base de cálculo nesse caso para IPI e ICMS é a mesma. Alíquota IPI de 10% e ICMS de 18%;
  • e) Veículos são utilizados na administração da companhia;
  • f) Máquinas e equipamentos são utilizados na produção. A vida útil é de 10 anos e não há valor residual;
  • g) Houve distribuição de lucros no período e os valores foram integralmente pagos;
  • h) Houve aumento de capital de R$ 100.000,00, utilizando-se o lucro apurado no período.
Balanço patrimonial em R$
Demonstração de Resultado do Exercício

Os valores relacionados ao custo do produto vendido, tributos, e gastos com pessoal merecem atenção especial.

Vamos identificar os valores na sequência que eles aparecem na DVA.

1.1) Vendas de mercadorias, produtos e serviços
Deve ser registrado o valor bruto da venda, R$ 1.430.000,00

1.4) Provisão para crédito de liquidação duvidosa - Reversão/(Constituição)
Deve ser registrado o valor bruto que consta na DRE (R$ 2.500,00)

2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos
Precisamos detalhar os gastos que foram incorporados ao estoque, para podermos identificar aquilo que foi considerado como custo do período.

Detalhamento da movimentação dos estoques

Não podemos esquecer que o valor das matérias-primas é registrado líquido dos tributos recuperáveis no estoque, mas na DVA deve aparecer o valor bruto. Devemos então identificar os tributos associados ao valor de matéria-prima que transitaram pelo resultado.

Determinação do valor bruto das compras que transitaram pela DRE

4) Depreciação, amortização e exaustão
Há uma parte da depreciação que está identificada expressamente na DRE (despesa) e outra parte que transitou por meio da conta de custo dos produtos vendidos. Devemos somar as duas partes.

Depreciação

6.2) Receitas financeiras
Valor expresso na DRE = R$ 2.000,00

Total do valor adicionado a distribuir: R$ 870.500

Destinação

Pessoal

Assim como aconteceu com a depreciação, parte dos gastos com pessoal foi identificada expressamente na DRE, e outra parte transitou pelo resultado por meio da conta de custo dos produtos vendidos. Vamos identificar as duas partes.

Não esquecer que gasto com INSS será registrado na parte de destinação ao governo!

Detalhamento de gastos com pessoal
Governo

O valor registrado na DVA como destinação ao governo é somente a parte dos tributos que a empresa suportou.

8.2.1 Federais - Somaremos os valores de INSS, IPI, IR e CS.

Tributos Federais

8.2.2 Estaduais – Neste caso há apenas o ICMS.

Tributos Estaduais

Remuneração de capitais de terceiros

8.3.1) Juros
Valor expresso na DRE: R$ 20.000,00

8.3.2) Aluguéis
Valor expresso da DRE: R$ 15.000,00


Remuneração de capitais próprios

É necessário identificar a parcela que foi destinada aos sócios e a parcela que ficou retida na empresa.

8.4.2 – Dividendos
8.4.3 – Lucro retidos / prejuízo do período

Lucros acumulados e reservas de lucros

Após o detalhamento dos valores, vamos à demonstração:

Demonstração de resultado do exercício

Referências:
BRASIL. Lei nº 6.404, de 15 de Dezembro de 1976.
Lei nº 11.638, de 28 de Dezembro de 2.007.
COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS. Parecer de orientação CVM nº 24, de 15 de janeiro de 1.992.
Ofício-circular/CVM/SNC/SEP nº 01/2004, de 19 de janeiro de 2004.
COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS. Pronunciamento Técnico CPC 09 – Demonstração do Valor Adicionado (DVA), de 30 de Outubro de 2008.
Pronunciamento CPC PME – Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas, de 04 de Dezembro de 2009.
Pronunciamento Técnico CPC 26 (R1) – Apresentação das Demonstrações Contábeis, de 02 de Dezembro de 2011.
CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. Resolução CFC nº 1.010/05, de 21 de Janeiro de 2005.
GELBCKE, Ernesto Rubens; SANTOS, Ariovaldo dos; IUDÍCIBUS, Sérgio de; MARTINS, Eliseu. Manual de Contabilidade Societária: aplicável a todas as sociedades de acordo com as Normas Internacionais e do CPC. 3. ed., São Paulo: Atlas, 2018.
SANTOS, Ariovaldo dos. Demonstração do Valor Adicionado: como elaborar e analisar. 2. ed., São Paulo, Atlas, 2007.

 

Todo conteúdo do site

12x de R$40

acesso por um ano

Assinar M2M Prime