Abrir Menu

Sem auditoria, balanço da Petrobras deve ser divulgado nesta sexta-feira

Eric Barreto, professor do Insper e do M2M, espera que a Petrobras reporte prejuízo no balanço do terceiro trimestre


Sem auditoria, balanço da Petrobras deve ser divulgado nesta sexta-feira
Folha de S. Paulo
Folha de S. Paulo

12/12/2014

Por Samantha Lima.

A Petrobras prevê divulgar, com 28 dias de atraso, nesta sexta-feira (12), as demonstrações financeiras do terceiro trimestre, sem aval dos auditores independentes, exigência feita a empresas que negociam ações na Bolsa. Especialistas preveem a possibilidade de haver prejuízo.

O balanço não auditado atende exigência de uma pequena parcela de credores, que determinam até o dia 31 de dezembro para entrega do documento, ainda que sem aval dos auditores.

Os resultados devem ser apresentados à noite, depois de as contas serem vistas pelos conselheiros da empresa e do fechamento dos mercados financeiros, no Brasil e nos EUA.

As perdas, se ocorrerem, serão resultado da dedução de parte dos valores dos ativos, comprados ou construídos, que possam ser atribuídos ao pagamento de propinas, como a empresa prometeu fazer depois de as investigações da Operação Lava Jato revelarem esquema de corrupção na empresa.

"É provável que a empresa traga prejuízo, resultado da dedução de valores adicionados indevidamente em ativos", disse Eric Barreto, professor do Insper e sócio da M2M Escola de Negócios.

Sem parecer dos auditores, a empresa não consegue captar, no mercado, recurso para seus projetos.

Em novembro, o diretor financeiro da empresa, Almir Barbassa, disse não ver necessidades de captação até meados de 2015.

No primeiro semestre, a Petrobras lucrou R$ 10,3 bilhões, 25,5% menos que em igual período de 2013.

Cursos Relacionados